Após participar de lançamento da Escola do Legislativo, Joaz apoia a proposta de criação de uma biblioteca na Câmara

08/10/2019 – O vereador Joaz (PSDB) apoia a criação de uma biblioteca na Câmara. A ideia foi apresentada pelo presidente da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas, Florian Madruga, durante cerimônia de lançamento da Escola do Legislativo de Monte Mor (ELEMMOR), na semana passada. Florian, que é servidor do Senado Federal, se comprometeu a, inclusive, encaminhar para a Câmara exemplares de livros produzidos pelo órgão. Durante discurso na segunda-feira (30/09), Joaz apoiou a proposta de criação da biblioteca. 

“Será de muito proveito para a nossa Escola do Legislativo aqui”, afirmou Joaz, em discurso na sessão ordinária da Câmara, destacando que a iniciativa beneficiará os vereadores, os servidores e, inclusive, a população em geral. “Será uma biblioteca aberta. Quem quiser pesquisar sobre Legislativo, Executivo e Judiciário, estará à disposição também”, salientou. Em aparte ao discurso, o presidente da Câmara, Waltinho Assis (PDT), informou que já conversou com a ELEMMOR sobre o assunto, e que fará um projeto de lei para viabilizar a biblioteca.

O EVENTO

Joaz justificou a sua ausência na formatura dos novos guardas municipais – que foi realizada na mesma data e horário da atividade da ELEMMOR. E também citou a presença, no evento da Câmara, dos vereadores Neide da Especialidade (MDB) e Danilo Jacob (PDT); de Nely Alves Monteiro, diretora da Associação Paulista de Escolas do Legislativo e Contas; de Erika Leonetti e Margareth de Pieri, da Escola do Legislativo de Bragança Paulista; e do vereador Jhon Lenon (PDT), de Hortolândia. Todos acompanharam a cerimônia (notícia aqui).

REIVINDICAÇÃO

No pronunciamento, Joaz também pediu o apoio da Secretaria de Obras, visando realizar operação tapa-buracos, com urgência, na Rua 36 do bairro Jardim Paviotti. Segundo o vereador, a via está repleta de buracos e o asfalto está cedendo, com risco de provocar acidentes, já que o problema se concentra, inclusive, nas proximidades da escola. “Está perigoso”, disse.

Deixe uma resposta